Sunday, October 18, 2009

Quando parar????

A vida é um eterno aprendizado e uma das coisas que sei que tenho que aprender é quando parar.

Tenho um senso crítico bem elevado e sou perfeccionista e o grande problema é justamente chegar a conclusão do que é "perfeito”; esse é o grande dilema.

Meu irmão é um escritor e desenhista. Ele desenha desde que segurou um lápis pela primeira vez e tenho que admitir sempre foi muito bom nisso. Eu tentei fazer o mesmo, mas nunca estava satisfeito com os resultados.

Lembro que uma vez pedi sua ajuda e enquanto eu desenhava e chegou um instante em que ele disse que estava ótimo. O problema é que o desenho não estava terminado, assim continuei com os retoques até que desisti, insatisfeito com o resultado. Ele estava certo, se eu tivesse parado quando ele indicou teria ficado bom.

Essa passagem aconteceu quando eramos crianças e muitos anos depois me lembrei da passagem enquanto conversavamos e perguntei: Como você sabe a hora de parar de desenhar?

A resposta foi direta: Quando vejo que se continuar desenhando vou estragar o desenho, eu paro.

Passados mais alguns anos, estava insatisfeito com o resultado de algumas decisões que tomei, quando me lembrei dessa conversa. Naquele instante percebi que estava insatisfeito por enfatizar o não estava como eu queria, ao invés de me contentar com tudo o que eu conseguira com minhas decisões.

Hoje vejo que poderia ter aproveitado e vivido muita coisa de forma diferente; desde excelentes lugares onde morei, mas poderiam ter uma vista melhor; carros dos quais eu gostava, mas que sempre faltava algum opcional ou potência, e até mesmo nos relacionamentos onde conheci pessoas incríveis, as quais não me entreguei porque elas apertavam a pasta de dente do jeito errado…

Depois de deixar escapar grandes oportunidades e de não aproveitar por completo muitas coisas boas as quais tive acesso, aprendi que buscar a perfeição nem sempre é bom, e que na verdade a perfeição não existe, se algo perfeito é só porque não se enxerga as outras melhorias a serem feitas e não que elas não existam.

2 comments:

Anonymous said...

O Problema em ser perfeccionista, é o foco. Normalmente direcionamos nosso senso crítico para os erros, mas nunca aproveitamos para desfrutar os acertos...

Ayala said...

Só posso dizer que acho que você tem toda a razão =)